I Arte à Parte: Ópera Bichus

A Arte à Parte comemora o décimo aniversário no próximo dia 31 de janeiro. A propósito da data, relembramos, em 10 momentos distintos, os seus projectos culturais e artísticos mais emblemáticos. Começamos com o espectáculo de homenagem a Miguel Torga, a “Ópera Bichus”.

Foi numa tarde de Abril de 2007 que a Arte à Parte subiu ao palco do Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), em Coimbra, para apresentar, pela primeira vez, a “Ópera Bichus”. Em causa, estava o centenário do nascimento do escritor Miguel Torga, que estava a ser comemorado através de várias atividades culturais que, durante esse ano, ocuparam vários pontos da cidade e do país.

Se naquela altura foi criada para homenagear o escritor, hoje, faz sentido recordar a ópera “Bichus”, por ser o trabalho que marca o nascimento da Associação Cultural de Musica e Teatro Arte à Parte, que, em 2017, celebra o seu décimo aniversário. “Bichus” foi o espetáculo que apresentou ao público este projeto de desenvolvimento cultural e artístico, foi a criação que esteve na origem de tantas outras, e é a mãe daquelas que ainda estão por surgir.

Escrita por Jorge Nande Vaz e encenada por Hélder Wasterlain, a ópera “Bichus”, destacou-se pela sua natureza multidisciplinar, ao cruzar com a música, o canto lírico, o teatro, a pintura, o vídeo e o multimédia.

A acção do espectáculo contrapõs, na mesma narrativa, Jesus (Nuno Mendes) e Madalena (Nélia Gonçalves), personagens principais em dois dos contos que fazem parte do mais famoso livro de Miguel Torga “Bichos”, a obra que serviu de inspiração à ópera. A acompanhar os dois atores, formados pelo Conservatório de Música de Coimbra, cinco músicos: na guitarra portuguesa e na guitarra clássica Ricardo Pinto, na harpa Ana Silva, no violoncelo e violino Pedro Seabra, na percussão Nuno Silva e na flauta Mário Silva.

A homenagem a Miguel Torga na “Ópera Bichus” foi marcada pela forma como todos os elementos presentes no palco se articularam e completaram para, de forma transversal, analisarem, refletirem e interpretarem, os 14 contos deste livro. Para isso, utilizaram como espaços centrais as figuras da casa, da aldeia e do monte, os três locais onde, na narrativa, decorreram os três atos que compuseram a ópera. É dentro destes cenários que todos os personagens – que na obra de Torga ganham vida em contos protagonizadas por animais, e que em “Bichus” são representados pelas figuras de Jesus e Madalena – se debatem ora com a liberdade, ora com a solidão, com a morte e com insubordinação.

full

Trás-os-Montes, ou como lhe chamava o escritor, o “Reino Maravilhoso”, é, tantas vezes na obra de Torga, a paisagem predominante. “Bichos” não é excepção. Foi esta a característica que levou a que parte da ópera fosse criada nesta região do país, para onde o elenco e equipa de produção da Arte à Parte viajou, mais do que uma vez, a propósito de residências artisticas, que os levaram aos locais por onde o escritor passou, incluindo a casa onde nasceu e cresceu.

A cenografia esteve a cargo de Helder Wasterlain e Mário Silva, o video de Nuno Patinho, os figuros de Carlos Madeira, o desenho de luz de João Fong, o som de Pedro Rocha e Filipe Melo, a gravação de André Granjo, a pintura de Ana Rosmaninho, a fotografia de Denise Gayou e Raul Botellero, o trabalho de corpo de Catarina Miranda, o video documental de Denise Gayou, a produção de Adélia Pinto, Denise Gayou e Maria Miguel Ferrão.

A produção contou com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra, da Direcção Regional da Cultura do Centro | Ministério da Cultura, da Gráfica de Coimbra, da Câmara Municipal de Sabrosa, do Teatro Académico de Gil Vicente, do GEFAC, do Instituto Português da Juventude, da Junta de Freguesia de Paradela de Guiães e da Junta de Freguesia de São Martinho de Anta.

A “Ópera Bichus”, composta por três atos e com duração de 90 minutos, foi apresentada em Coimbra várias vezes. O espetáculo passou ainda pela Figueira da Foz, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveira, Miranda do Corvo e Vila Real.

Texto: Ana Bernardino
Imagens: Arquivo Arte à Parte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s